70ª edição Globo de Ouro

"Argo", "Girls" e "Homeland" dominaram os prêmios do Globo de Ouro, que aconteceu no último domingo (13) em Hollywood.

Por Redação Tudo UP! – RPT

Compartilhe

A 70ª edição da entrega do prêmio Globo de Ouro foi marcada pelas conquistas de “Argo” (filme dirigido e estrelado por Ben Affleck e produzido por George Clooney) e das série “Homeland” e “Girls”.
O evento foi realizado no International Ballroom do hotel Beverly Hilton, em Beverly Hills, em Los Angeles, e os prêmios foram concedidos pela Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood.
Ben Affleck havia sido esnobado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, não tendo sido lembrado nas indicações do Oscar a melhor diretor.
Mesmo tendo dito que não se importava com isso, Affleck deu uma resposta à altura ao vencer o Globo de Ouro de melhor diretor e ainda levar para casa o prêmio de melhor filme de drama.
“Lincoln” e “A Hora Mais Escura”, filmes que competiam com “Argo” por esse Globo de Ouro, tiveram seu reconhecimento nos prêmios de atuação, com as vitórias de Daniel Day-Lewis e Jessica Chastain, respectivamente.
Nas categorias de comédia e musical, quem se destacou foi “Os Miseráveis”, do diretor Tom Hooper.
Além do prêmio principal, o filme conquistou as premiações de melhor ator com o australiano Hugh Jackman e de melhor atriz coadjuvante com Anne Hathaway.
Hooper fez com que os atores cantassem as músicas ao vivo no set, em vez de dublarem gravações de estúdio, algo tradicional nos musicais de Hollywood. Por isso, “Os Miseráveis” chegou a ser atacado por críticas como a do astro do “American Idol”, Adam Lambert, que disse que o elenco “cantava mal”.
Quentin Tarantino e seu “Django Livre” foram lembrados com a vitória na categoria de roteiro, mesmo com o filme tendo sido criticado por boa parte da comunidade negra por sua abordagem da escravidão nos Estados Unidos.
Diferentemente do Oscar, nessa categoria, não há distinção entre roteiros originais e adaptados.
TELEVISÃO
Lena Dunham, que criou e protagoniza a série “Girls”, da HBO, tem muitas razões para comemorar após o Globo de Ouro.
A série venceu o prêmio nas categorias melhor comédia televisiva e melhor atriz de comédia –prêmio que foi para as mãos da própria Dunham.
A atriz competia com ninguém menos que Tina Fey (“30 Rock”) e Amy Poehler (“Parks and Recreation”), as apresentadoras do evento.
Já nas categorias dramáticas, a série “Homeland” dominou os prêmios pelo segundo ano consecutivo.
Em 2012, ela já havia sido a vencedora do Globo de Ouro, assim como Claire Danes tinha sido eleita a melhor atriz.
Dessa vez, além da repetição dessas vitórias, o ator Damian Lewis também arrebatou o prêmio de melhor ator.
HOMENAGEM
O ator Robert Downey Jr. (“Homem de Ferro”, “Sherlock Holmes”) apresentou homenagem a Jodie Foster, que recebeu o prêmio especial Cecil B. DeMille pelo conjunto da obra.
A atriz aproveitou para se reafirmar como homossexual, dizendo que não precisava “sair do armário”. De acordo com ela, já havia feito isso “há tempos” e não precisava compartilhar detalhes de sua vida com a imprensa.
VEJA A LISTA COMPLETA DE PREMIADOS:
MELHOR FILME DRAMÁTICO
“Argo”
MELHOR FILME DE COMÉDIA OU MUSICAL
“Os Miseráveis”
MELHOR ATOR DRAMÁTICO
Daniel Day-Lewis, “Lincoln”
MELHOR ATRIZ DRAMÁTICA
Jessica Chastain, “A Hora Mais Escura”
MELHOR ATOR EM COMÉDIA OU MUSICAL
Hugh Jackman, “Os Miseráveis”
MELHOR ATRIZ EM COMÉDIA OU MUSICAL
Jennifer Lawrence, “O Lado Bom da Vida”
MELHOR DIRETOR
Ben Affleck, “Argo”
MELHOR ATOR COADJUVANTE
Christoph Waltz, “Django Livre”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Anne Hathaway, “Os Miseráveis”
MELHOR ROTEIRO
Quentin Tarantino, “Django Livre”
MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
“Skyfall”, de Adele, para o filme “007 – Operação Skyfall”
MELHOR ANIMAÇÃO
“Valente”
MELHOR FILME ESTRANGEIRO
“Amor”
MELHOR SÉRIE DRAMÁTICA
“Homeland”
MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA
“Girls”
MELHOR ATOR EM SÉRIE DRAMÁTICA
Damian Lewis, “Homeland”
MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DRAMÁTICA
Claire Danes, “Homeland”
MELHOR ATOR EM SÉRIE DE COMÉDIA
Don Cheadle, “House of Lies”
MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE COMÉDIA
Lena Dunham, “Girls”
MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU FILME PARA A TV
Kevin Costner, “Hatfields & McCoys”
MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU FILME PARA A TV
Julianne Moore, “Game Change”
MELHOR ATOR COADJUVANTE EM MINISSÉRIE, SÉRIE OU FILME PARA A TV
Ed Harris, “Game Change”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM MINISSÉRIE, SÉRIE OU FILME PARA A TV
Maggie Smith, “Downton Abbey”
MELHOR MINISSÉRIE OU FILME PARA A TV
“Game Change”
Fonte: folha.uol.com.br
COM O APOIO DE

CONTINUE INFORMADO

Tivoli Shopping tem nova edição do CineMaterna na próxima terça, dia 28
Casa Hermann Muller é tema de exposição de fotos na Câmara Municipal de Americana
Casa Hermann Muller é tema de exposição de fotos na Câmara Municipal de Americana
"Bee Gees Forever" se apresenta no Teatro Municipal neste sábado
Moradora de Sumaré ganha moto no Espetáculo de Prêmios da Acia
'Furiosa': filme da saga 'Mad Max' estreia nesta quinta-feira
Prefeitura arrecada agasalhos no sistema drive-thru
Exposição "Alma de Artista" pode ser visitada na Biblioteca Municipal
Americana recebe a ópera "Suor Angelica", de Giacomo Puccini
Briga por causa de gatos tem disparo de arma de fogo em condomínio de Americana
Veja Mais Notícias
Tivoli Shopping tem nova edição do CineMaterna na próxima terça, dia 28
Casa Hermann Muller é tema de exposição de fotos na Câmara Municipal de Americana
Casa Hermann Muller é tema de exposição de fotos na Câmara Municipal de Americana
"Bee Gees Forever" se apresenta no Teatro Municipal neste sábado
Moradora de Sumaré ganha moto no Espetáculo de Prêmios da Acia
'Furiosa': filme da saga 'Mad Max' estreia nesta quinta-feira
Prefeitura arrecada agasalhos no sistema drive-thru
Exposição "Alma de Artista" pode ser visitada na Biblioteca Municipal
Americana recebe a ópera "Suor Angelica", de Giacomo Puccini
Briga por causa de gatos tem disparo de arma de fogo em condomínio de Americana