‘Debi e Lóide 2’ tem mais caretas e menos noção do que o 1º

Jim Carrey e Jeff Daniels se reúnem 20 anos depois. Filme tem piadas com brasileiros e só é indicado para quem curte besteirol.

Por Redação Tudo UP! – RPT

Compartilhe

Não dá para ver uma comédia de Peter e Bobby Ferrelly esperando sutileza. Aos que ainda insistem em perguntar “qual o limite do humor?”, os irmãos diretores (do clássico “Quem vai ficar com Mary?”) parecem ter uma só resposta: “Nenhum”. 
“Debi e Lóide 2” reúne Jeff Daniels e Jim Carrey, 20 anos depois do primeiro filme. E ele só é indicado para quem curte um bom besteirol. Toda oportunidade de se fazer piada com caretas e “pum” é aproveitada. Pode acreditar: os dois personagens estão ainda mais sem noção.
A dupla de bocós caçoa de cego, chineses, mexicanos, deficiente físico, cientistas… Sobra até para o Brasil. Rola piadinha com Gisele Bündchen e outra com brasileiros em busca de passaportes americanos.
Como no primeiro longa, o roteiro é sem pé nem cabeça. Desta vez, os dois amigos partem em uma viagem até a cidade de El Paso, perto da fronteira americana com o México. Eles tentam encontrar a filha de Debi em uma conferência de tecnologia e ideias inovadoras. Sim, a zoeira mira até em palestras como as do TED.
Menos agoniante
A uma hora e 40 minutos de sessão pode ser bem resumida em uma cena de cinco segundos. Jim Carrey pega um cachorro quente e come da forma mais esdrúxula. Ele meio que suga a salsicha e limpa a boca com o pão. Isso é Jim Carrey. Isso é irmãos Ferrelly. Isso é demais.
Há cenas igualmente divertidas, mas as partes constrangedoras e toscas são menos longas e agoniantes do que as do primeiro filme. Nada é tão memorável e intenso quanto a cena em que Debi gruda a língua no gelo ou fica preso no banheiro após tomar laxante.
Com boa vontade, é possível ir um pouco além do humor absurdo e notar que a trama mostra a força da amizade. Debi e Lóide não têm carro, não têm emprego. Muito menos mulher. Mas têm um ao outro. E se dedicam totalmente a essa relação. Chegam a abdicar da própria vida apenas por uma pegadinha, para fazer o outro dar risada. Todo mundo ri junto.

Fonte: g1.globo.com/

COM O APOIO DE

CONTINUE INFORMADO

Tivoli Shopping tem nova edição do CineMaterna na próxima terça, dia 28
Casa Hermann Muller é tema de exposição de fotos na Câmara Municipal de Americana
"Bee Gees Forever" se apresenta no Teatro Municipal neste sábado
Moradora de Sumaré ganha moto no Espetáculo de Prêmios da Acia
'Furiosa': filme da saga 'Mad Max' estreia nesta quinta-feira
Prefeitura arrecada agasalhos no sistema drive-thru
Exposição "Alma de Artista" pode ser visitada na Biblioteca Municipal
Americana recebe a ópera "Suor Angelica", de Giacomo Puccini
Briga por causa de gatos tem disparo de arma de fogo em condomínio de Americana
Veja Mais Notícias
Tivoli Shopping tem nova edição do CineMaterna na próxima terça, dia 28
Casa Hermann Muller é tema de exposição de fotos na Câmara Municipal de Americana
"Bee Gees Forever" se apresenta no Teatro Municipal neste sábado
Moradora de Sumaré ganha moto no Espetáculo de Prêmios da Acia
'Furiosa': filme da saga 'Mad Max' estreia nesta quinta-feira
Prefeitura arrecada agasalhos no sistema drive-thru
Exposição "Alma de Artista" pode ser visitada na Biblioteca Municipal
Americana recebe a ópera "Suor Angelica", de Giacomo Puccini
Briga por causa de gatos tem disparo de arma de fogo em condomínio de Americana
COM O APOIO DE