Exposição Essa nossa canção no Museu da Língua Portuguesa

Mostra temporária que aborda a relação da língua portuguesa com a canção popular brasileira ficará em cartaz só até 24 de março.

Por Redação Tudo UP! – RPT

Compartilhe

A exposição Essa nossa canção, do Museu da Língua
Portuguesa, instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria
Criativas do Estado de São Paulo, já tem data confirmada de encerramento: 24 de
março. A mostra temporária aborda a relação da língua portuguesa com a canção
popular brasileira.  

A experiência do visitante na mostra já começa nos
elevadores do Museu, onde há uma intervenção sonora criada pelo produtor
cultural Alê Siqueira a partir de vocalizes de músicas nacionais. Cantos como
“Ôôôôô”, “Ilariê”, “Aê-aê-aê” foram editados para formar uma única canção sem
aquilo que convencionalmente se entende por palavra.   

Assim que sai do elevador, no espaço expositivo do 1º
andar, onde a exposição está em exibição, o público é convidado a entrar na
sala intitulada Palavras Cantadas. Em um ambiente sonoro e imersivo, outra obra
de Alê Siqueira, trechos de 54 canções, desta vez versos de faixas conhecidas
nas vozes de Rita Lee, Roberto Carlos, Adoniran Barbosa e MC Marcelly, entre
outros, foram reunidos. Assim, parecem conversar entre si ou até mesmo formar
uma música original.   

 

Sala de Recados – Em
seguida, na sala Recados da Língua, músicas brasileiras famosas “ganham” corpo.
Artistas como Juçara Marçal, Felipe Araújo, Teresa Cristina, Zahy Tentehar, Tom
Zé, Johnny Hooker e outros cantam, em vídeos dirigidos por Daniel Augusto,
faixas como Pelo telefone (Donga), Tristeza do Jeca (Angelino de Oliveira),
Sinal fechado (Paulinho da Viola) e Garota de Ipanema (Vinicius de Moraes e Tom
Jobim). Há ainda slammers interpretando Construção (Chico Buarque), e fãs dos
Racionais MC’s, Diário de um detento (Mano Brown).   

Na terceira parte da exposição, intitulada Nossa Vida
em Canções, o público tem acesso a duas salas de cinema. Em uma delas, é
exibido o premiado documentário As Canções, de Eduardo Coutinho, no qual ele
conversa com desconhecidos sobre as músicas que marcaram suas vidas de alguma
forma. Na outra, os cineastas Sérgio Mekler e Quito Ribeiro reuniram vídeos do
YouTube de pessoas comuns soltando a voz – canções de Valesca Popozuda,
Toquinho e Roberto Carlos podem ser ouvidas.   

 

Em frente a esses dois ambientes, a linha do tempo Do
Cilindro à Nuvem apresenta aparelhos e objetos utilizados para a gravação e
reprodução de canções desde o fim do século. Há gramofone, rádio, vitrola,
televisão de tubo, walkman, entre outros equipamentos que marcaram uma
época.  

A mostra chega ao fim com cópias dos manuscritos de
composições de nomes como Xis, Marília Mendonça, Chiquinha Gonzaga e Xênia
França, entre outros, na sala Uma Caneta e um Violão.    

COM O APOIO DE

CONTINUE INFORMADO

Tivoli Shopping tem nova edição do CineMaterna na próxima terça, dia 28
Casa Hermann Muller é tema de exposição de fotos na Câmara Municipal de Americana
Casa Hermann Muller é tema de exposição de fotos na Câmara Municipal de Americana
"Bee Gees Forever" se apresenta no Teatro Municipal neste sábado
Moradora de Sumaré ganha moto no Espetáculo de Prêmios da Acia
'Furiosa': filme da saga 'Mad Max' estreia nesta quinta-feira
Prefeitura arrecada agasalhos no sistema drive-thru
Exposição "Alma de Artista" pode ser visitada na Biblioteca Municipal
Americana recebe a ópera "Suor Angelica", de Giacomo Puccini
Briga por causa de gatos tem disparo de arma de fogo em condomínio de Americana
Veja Mais Notícias
Tivoli Shopping tem nova edição do CineMaterna na próxima terça, dia 28
Casa Hermann Muller é tema de exposição de fotos na Câmara Municipal de Americana
Casa Hermann Muller é tema de exposição de fotos na Câmara Municipal de Americana
"Bee Gees Forever" se apresenta no Teatro Municipal neste sábado
Moradora de Sumaré ganha moto no Espetáculo de Prêmios da Acia
'Furiosa': filme da saga 'Mad Max' estreia nesta quinta-feira
Prefeitura arrecada agasalhos no sistema drive-thru
Exposição "Alma de Artista" pode ser visitada na Biblioteca Municipal
Americana recebe a ópera "Suor Angelica", de Giacomo Puccini
Briga por causa de gatos tem disparo de arma de fogo em condomínio de Americana