Obras na SP-304 aumentam tráfego

Motoristas relatam aumento de até cinco vezes no tempo levado em trajeto. Avenidas de maior fluxo são prejudicadas.

Por Redação Tudo UP! – RPT

Compartilhe

Os motoristas de Americana estão levando mais tempo para se locomover nas principais vias da cidade nos horáios de pico. As avenida Nossa Senhora de Fátima, Cillos, São Paulo e Prefeito Abdo Najar chegam a parar em alguns minutos do dia, por causa do aumento do número de carros que, segundo motoristas, está relacionado à fuga de carros que antes utilizavam a Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304) para as ruas centrais da cidade.
Tanto a Prefeitura de Americana quanto o DER (Departamento de Estradas e Rodagem) reconhecem o problema e pedem paciência ao motorista (leia abaixo e ao lado).
A nutricionista Leinane Sartoreli, 26, trabalha em uma fábrica de alimentos no final da Avenida Nossa Senhora de Fátima e segue todos os dias para o bairro São Vito, via Avenida Paschoal Ardilo. Apesar do trecho não ser muito longo – cerca de três quilômetros, ela diz que há uma semana está levando até 20 minutos para fazer o trajeto, que normalmente levaria cinco minutos. “Era um trecho super rápido, que eu fazia em cinco minutinhos, mas agora a Nossa Senhora de Fátima fica parada e eu levo três vezes mais tempo para voltar para casa do que o normal”, relata.
OPÇÕES
O motorista Valdir Tavares mora no Jardim Brasília, em Santa Bárbara d’Oeste, e trabalha em uma montadora de automóveis no bairro Bosque da Saudade, em Americana. Ele reclama do aumento no tempo de percurso e diz que não segue o mesmo caminho todo dia para voltar para casa devido às variações do tráfego.
“Meu caminho normal para ir para casa é pela SP-304, mas, com as obras, não dá. Por isso, eu faço um caminho alternativo, que entra em direção à Abdo Najar, passa pelo viaduto, para cair na Cillos. Mesmo assim, demoro 25 minutos a mais do que eu normalmente levava”, conta. O trecho percorrido por Tavares é de cerca de oito quiômetros, que levava, antes, 20 minutos para ser percorrido. “Demoro mais que o dobro. Está insuportável”.
Já Samuel Xavier, 18, que trabalha com elétrica e hidráulica no bairro Frezarim, normalmente pegava a Avenida de Cillo e a SP-304 para voltar para sua casa no bairro São Francisco. O percurso que durava cerca de 15 minutos, agora está levando mais de meia hora. “O meu caminho é pela Avenida Bandeirantes, que também está congestionada, mais que a rodovia. Uma boa dica para quem quer evitar o congestionamento é fazer um acordo com o chefe para sair mais tarde”, brinca.
Fonte: http://portal.tododia.uol.com.br/
COM O APOIO DE

CONTINUE INFORMADO

Tivoli Shopping tem nova edição do CineMaterna na próxima terça, dia 28
Casa Hermann Muller é tema de exposição de fotos na Câmara Municipal de Americana
Casa Hermann Muller é tema de exposição de fotos na Câmara Municipal de Americana
"Bee Gees Forever" se apresenta no Teatro Municipal neste sábado
Moradora de Sumaré ganha moto no Espetáculo de Prêmios da Acia
'Furiosa': filme da saga 'Mad Max' estreia nesta quinta-feira
Prefeitura arrecada agasalhos no sistema drive-thru
Exposição "Alma de Artista" pode ser visitada na Biblioteca Municipal
Americana recebe a ópera "Suor Angelica", de Giacomo Puccini
Briga por causa de gatos tem disparo de arma de fogo em condomínio de Americana
Veja Mais Notícias
Tivoli Shopping tem nova edição do CineMaterna na próxima terça, dia 28
Casa Hermann Muller é tema de exposição de fotos na Câmara Municipal de Americana
Casa Hermann Muller é tema de exposição de fotos na Câmara Municipal de Americana
"Bee Gees Forever" se apresenta no Teatro Municipal neste sábado
Moradora de Sumaré ganha moto no Espetáculo de Prêmios da Acia
'Furiosa': filme da saga 'Mad Max' estreia nesta quinta-feira
Prefeitura arrecada agasalhos no sistema drive-thru
Exposição "Alma de Artista" pode ser visitada na Biblioteca Municipal
Americana recebe a ópera "Suor Angelica", de Giacomo Puccini
Briga por causa de gatos tem disparo de arma de fogo em condomínio de Americana